Sara
Casagrande

Neurologista

Conheça

Conheça

Neurologista
especialista em
Distúrbios do Movimento, Estimulação Cerebral Profunda (DBS), Cefaleias e Toxina Botulínica Terapêutica.

CRM-SP 155592
RQE 85753

Melhora da qualidade de vida, por meio de acolhimento, empatia e do embasamento científico. Essa é a linha guia do meu trabalho como Neurologista especialista em Distúrbios do Movimento, DBS, Toxina Botulínica, Distonias e Cefaleias.

A minha missão é entender o paciente como um todo, desde o seu histórico de saúde até quem é a pessoa sentada na minha frente, quais são suas angústias, quais são suas preferências, qual é o seu contexto. Só assim conseguimos entender e traçar um plano de tratamento que seja ideal para atingirmos o objetivo da melhora da qualidade de vida.

Para isso, dou o máximo da minha atenção durante as consultas, busco conversar com o paciente e seus acompanhantes sobre tudo isso, para podermos entender, no detalhe, como ajudar aquela pessoa da melhor forma possível, com acolhimento, empatia e técnica.

Formação Acadêmica

Residência Médica
em Neurologia

IAMSPE

Especialista
em Distúrbios
do Movimento

HCFMUSP

Especialista em
Estimulação Cerebral
Profunda (DBS)

HCFMUSP

Especialista em
Toxina Botulínica

HCFMUSP

Especialista
em Cefaleias

EPM-Unifesp

Treinamento em aplicação
de Botox guiado por Ultrassonografia

Universidade de Fribourg (Suiça)

Observership no
Centro de Distúrbios
do Movimento e DBS

Universidade da Flórida (EUA)

Vínculos Profissionais

Médica Neurologista
e sócia proprietária
na clínica Dommo

Clínica Dommo

Neurologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

HCFMUSP

Adjunt faculty
na Mayo Clinic

Mayo Clinic (EUA)

Coordenadora
do Neurotoxin
Academy

Neurotoxin Academy

Títulos

Membro titular da
Movement Disorders
Society

MDS

Membro titular da
Sociedade Brasileira
de Cefaleia

SBCe

Membro titular da
International Headache Society

IHS

Membro titular
da Neurotoxin
Association

INA

Membro titular da
Academia Brasileira
de Neurologia

ABN

Além de possuir inúmeras participações em cursos e congressos nacionais e internacionais nas áreas de atuação, hoje também sou speaker convidada em cursos e workshops.

Tratamentos

Terapias realizadas

Toxina
Botulínica

Na neurologia, a Toxina Botulínica é utilizada para tratar uma variedade de condições neuromusculares e distúrbios do sistema nervoso. A sua ação principal é bloquear a liberação de acetilcolina, um neurotransmissor, impedindo a contração muscular. Isso torna a toxina botulínica valiosa no tratamento de condições caracterizadas por hiperatividade muscular ou desequilíbrios neuromusculares.

Além disso, o uso da Toxina Botulínica no tratamento de cefaleias, especialmente enxaquecas crônicas, tem se mostrado eficaz e foi aprovado para esse fim em alguns casos. A aplicação de Botox para o tratamento de enxaquecas crônicas foi aprovada pelo órgão regulador em diversos países, incluindo a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) no Brasil.

Estimulação Cerebral
Profunda (DBS)

A Estimulação Cerebral Profunda (DBS – do inglês Deep Brain Stimulation) é um procedimento que envolve o implante de eletrodos no cérebro para modular a atividade de determinadas áreas cerebrais. Essa técnica é frequentemente utilizada no tratamento de certas condições neurológicas, especialmente em casos de doença de Parkinson, Distonias e Tremor Essencial.

O DBS é geralmente considerado quando os tratamentos convencionais, como medicamentos, não conseguem proporcionar um controle adequado dos sintomas ou quando esses medicamentos causam efeitos colaterais significativos. O procedimento visa interromper ou neuromodular os sinais elétricos anormais no cérebro que contribuem para os sintomas das condições mencionadas.

Condições atendidas

Cefaleias
(dores de cabeça)

Cefaleia é o termo médico utilizado para descrever dores de cabeça. Existem diversos tipos de cefaleias, cada uma com características específicas. As cefaleias podem ser primárias, quando não estão associadas a outra condição médica, ou secundárias, quando são sintomas de alguma outra doença.

O diagnóstico preciso da cefaleia é fundamental para um tratamento eficaz. O tratamento pode incluir mudanças no estilo de vida, medicamentos para alívio da dor, terapias complementares e, em alguns casos, medicamentos preventivos.

Distonias

Dsitonias são distúrbios do movimento caracterizadas por contrações musculares involuntárias que levam a movimentos repetitivos e posturas anormais. Essas contrações podem ser sustentadas (distonia focal) ou intermitentes (distonia segmentar ou generalizada).

As causas da distonia podem ser diversas, incluindo fatores genéticos, lesões cerebrais, distúrbios metabólicos ou medicamentos. Os sintomas podem variar desde contrações musculares leves até movimentos involuntários mais graves que afetam a qualidade de vida.

A distonia pode se manifestar em diferentes partes do corpo, como pescoço, mãos, pés ou tronco.

Tiques

Tiques são movimentos ou vocalizações súbitas, rápidas e repetitivas que são involuntárias. Eles são um sintoma característico da síndrome de Tourette, mas também podem ocorrer como um transtorno isolado (transtorno de tique motor ou vocal).

Os tiques motores envolvem movimentos, como piscar os olhos, encolher os ombros ou fazer caretas, enquanto os tiques vocais incluem sons involuntários, como pigarrear, grunhir ou repetir palavras.

A causa exata dos tiques não é completamente compreendida, mas há evidências de que fatores genéticos e ambientais desempenham um papel. O estresse e a ansiedade podem agravar os tiques em algumas pessoas.

Tremores

Os tremores são distúrbios do movimento caracterizados por ritmos involuntários e oscilações rítmicas de uma parte do corpo. Eles podem ocorrer em diferentes situações e por diversas razões, desde condições médicas específicas até efeitos colaterais de medicamentos.

Existem vários tipos de tremores, incluindo tremor essencial, tremor de repouso (associado à doença de Parkinson), tremor cinético (ocorre durante o movimento), tremor de intenção (ocorre durante a tentativa de realizar um movimento específico), entre outros.

O diagnóstico de tremores geralmente envolve uma avaliação clínica detalhada, histórico médico completo, exames neurológicos, testes de imagem, como ressonância magnética ou tomografia computadorizada, e, às vezes, testes laboratoriais para descartar outras condições médicas.

Parkinson

A doença de Parkinson é uma condição neurológica crônica e progressiva que afeta principalmente o sistema motor do corpo. 

Os sintomas mais comuns da doença de Parkinson incluem tremor em repouso (tremor que ocorre quando a pessoa está em repouso), rigidez muscular, bradicinesia (lentidão nos movimentos), e instabilidade postural (dificuldade em manter o equilíbrio). Além dos sintomas motores, a doença de Parkinson pode causar uma variedade de sintomas não motores, como alterações no sono, depressão, ansiedade, constipação, problemas de olfato e disfunção cognitiva em estágios mais avançados.

O diagnóstico da doença de Parkinson é clínico e baseado nos sintomas apresentados pelo paciente, além de exames neurológicos realizados por um médico especializado.

Não há cura para a doença de Parkinson, mas existem tratamentos disponíveis para ajudar a controlar os sintomas e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Isso inclui medicamentos para aumentar os níveis de dopamina no cérebro, terapias de reabilitação, como fisioterapia e fonoaudiologia, e em alguns casos, cirurgias como estimulação cerebral profunda.

Conteúdos

Para médicos

CURSOS

para médicos

Entre em contato

Clínica
Dommo

Os atendimentos presenciais podem ser realizados na clínica Dommo, no bairro da Bela Vista em São Paulo.

Clínica
Reis Barbosa

Os atendimentos presenciais podem ser realizados na clínica Reis Barbosa, no bairro da Consolação em São Paulo.

Copyright 2024 – Dra. Sara Casagrande Neurologista. Todos os direitos reservados.